Como trabalhar com paletas de cor

Ao iniciar qualquer projeto relacionado às áreas de criação, uma das maiores preocupações é em relação à paleta de cor que será trabalhada.

Neste artigo vou demonstrar de forma prática como produzir trabalhos harmônicos utilizando o Adobe Color que é uma ferramenta que possibilita criar um conjunto de paletas de cor para auxiliar as suas composições.

Eu utilizei como base as cores da logo do TreinaWeb, a ferramenta fornece a possibilidade de criar composições analógica, monocromática, tríade, complementar, composta, sombras ou personalizada, cada uma delas tem as suas aplicações específicas mas neste caso eu gerei todas as possibilidades para que pudesse ter uma visão mais ampla de todo o conjunto de cores.

Resultado de composição utilizando Adobe Color:

Para demonstrar a utilização destas composições, criei uma peça que poderia ser aplicada para redes sociais como uma capa de Facebook ou divulgação dos nossos cursos de Illustrator, pois o material criado tem como base objetos vetor.

A ferramenta veio auxiliar o projeto pois trouxe uma direção de como a criação poderia trabalhar com as cores com base nas composições resultantes.

Para essa produção eu utilizei o Adobe Color que é uma ferramenta fantástica, principalmente porque não tem a necessidade de ser um exímio conhecedor sobre teoria da cor e ela entrega um conjunto de composições de cores baseadas no círculo cromático.

Atualmente em nossa rotina de trabalho é fundamental otimizar os processos e o Adobe Color veio para suprir essas necessidades e auxiliar os criativos nos projetos do dia a dia.

Depois de criar uma composição que se enquadre no projeto e, estando logado com seu ID de usuário Adobe, existe a possibilidade de salvar essa paleta de cor, podendo até mesmo utilizá-la diretamente nos softwares como Photoshop, Illustrator entre outros.

A ferramenta funciona tanto direto no seu navegador quanto através de um aplicativo e está disponível para dispositivos IOS e Android, nele é possível criar e compartilhar essas paletas com outros parceiros que estejam trabalhando no mesmo projeto.

No caso do aplicativo ele pode capturar cores diretamente de uma fotografia e é possível manter uma referência de cor a partir de qualquer imagem.

Dicas

Vou também, deixar aqui, algumas dicas de outras ferramentas que trabalham com criação de paletas e tendências.

O Coolors é um site bem completo e gera umas paletas bem legais, ele tem uma opção de shades para a cor escolhida, as cores podem ser deslocadas em relação à sua posição da tela, o ajuste de cor pode ser feito em HSB, RGB, CMYK, PIC (que usa uma caixinha de cor como o color picker do Photoshop). Esse site site também oferece uma opção bem legal chamada SETS – que tem escolhas entre Pantone, Copic, Prismacolor e pelo nome da cor, após as escolhas é só exportar um PNG.

No Colour Lovers o mais interessante é que ele além de oferecer amostras de paletas de cor, patterns e shapes, ele também nos oferece uma busca de tendências como branding e websites.

O Shutterstock é um dos bancos de imagens mais completos e agora também traz um serviço de referência de paletas de cor baseada em imagens. Então, se você comprar uma imagem já ganha uma referência de paleta de cor super legal para trabalhar.

O colorscheme é muito simples e intuitivo de trabalhar, além de criar toda a variação de cor, ele oferece uma demonstração de websites baseados na paleta escolhida e ainda exporta HTML+CSS, XML, Text, ACO (Photoshop Palette) e GPL (GIMP Palette).

Nos próximos posts vamos ver como trabalhar com as paletas de cor dentro do Photoshop, Illustrator, Indesign e como gerar amostras de cor para padronizar todos os trabalhos futuros.

Grande abraço e até o próximo post! 😉

Deixe seu comentário

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PROFISSIONAIS DE AUDIOVISUAL