Como montar seu cenário

Montar um cenário ideal depende de alguns pequenos passos que, ao fim, fazem toda diferença.

Dentro de qualquer produção audiovisual, a figura do Diretor de Arte é muito importante para composição da ideia e da estética que o diretor planejou de maneira que a ideia que ainda está nos storyboards do diretor passem a ser algo mais concreto.

O diretor de arte é uma ponte entre aquilo que o diretor vê dentro do planejamento e aquilo que a equipe de gravação vai trabalhar em cima, já que os cenários, objetos de cena e figurino serão todos desenvolvidos pelo diretor de arte.

E para compor esse cenário, é importante que esse profissional tenha dentro da sua metodologia de trabalho alguns itens que a gente vai apresentar nesse post.

O Local

Dentro da composição do cenário uma regra em direção de arte é sempre começar do maior para o menor. Ou seja: isso significa começar pelo ambiente.

Por mais óbvia que essa afirmação possa parecer, verificar qual locação se adéqua melhor à necessidade visual ou estética dentro daquela cena é algo muito importante. Ao pensar na locação, você deve ter em mente todas as cenas que serão rodadas dentro dela, de maneira que ela seja capaz de comportar objetos de cena, atores e a equipe.

Cinema - Produção para curta-metragem
Curso de Cinema - Produção para curta-metragem
CONHEÇA O CURSO

Decoração de Set

Ao pensar naquilo que fará parte do seu cenário, você também deve considerar todos os itens que decorarão esse ambiente e que farão parte dele.

Um papel de parede ou ainda um tipo de iluminação específica são itens que compõe a decoração básica de um cenário e são essenciais antes da própria distribuição dos objetos de cena.

Então, por exemplo, se você precisa criar um efeito determinado em uma parede ou determinado espaço da sua locação, por exemplo, alguns tecidos podem ser aplicados na parede da sua locação com fita crepe — ou outra que não danifique a pintura do local.

Objetos de cena

A composição do seu cenário também passa pela distribuição dos objetos de cena a partir do visual que se quer criar ou que serão utilizados pelos atores.

São os objetos de cena, em muitos dos casos, que vão contar sobre a personagem, sobre a cena, ou sobre o que se quer gerar com aquela cena. Assim, é muito importante que você dê a devida importância para esses objetos, seus estado de conservação e época, porque eles serão essenciais para contar a história.

Uma cena como a de Titanic, em que Jack e Rose caminham para o momento de romance dentro do carro, quando pensada pela lógica da direção de arte e composição de cenário, precisa de um automóvel do começo do século XX, de caixas de madeira típicas das embarcações para que os atores possam interagir com eles — ainda que não os utilizem em suas ações: o carro, no caso, é o principal objeto que é utilizado.

Quando se trata da obtenção desses objetos, a ideia é que os objetos sejam conseguidos levando em consideração o tipo e o custo que pode ser gasto dentro da produção: faz parte da responsabilidade do Diretor de arte providenciar os itens que irão aparecer em cena e que são previstos dentro do roteiro.

Vale, assim, considerar o uso das redes sociais, num exemplo mais prático, para verificar se alguns objetos de cena podem ser emprestados, o que reduz seus custos e facilita a obtenção de objetos que podem já não ser mais fabricados ou que são muito caros para serem comprados.

Listas

Quando se trata da composição de cenário de qualquer produção, as melhores amigas de um diretor de arte ou diretora de arte são as suas listas: organizar todos esses itens que serão necessários para compor seu cenário em listas torna a sua conferência ainda mais fácil.

A essas listas podem ser incluídos, por exemplo, os figurinos das cenas: quando você pensa nos itens de maneira a organizá-los por listas, você corre menos risco de não ter algum deles no momento da gravação — o tipo de imprevisto que você não vai querer que ocorra dentro da sua direção de arte. Dispor cada objeto em uma lista a partir de uma cena dá a você o controle do que é necessário em cada dia de locação. Assim, liste e confira com cuidado cada objeto.

Há uma série de procedimentos que podem ser adotados por um diretor ou diretora de arte para composição de um cenário para que ela seja a mais efetiva possível, além de não estourar o orçamento, mas ao seguir uma lógica que determine o ambiente, sua decoração e os objetos de cena, todos esses organizados em listas, as coisas ficam muito mais fáceis.

Deixe seu comentário
Share

Escritor e redator, formado em Rádio e Televisão pelo Complexo FIAM-FAAM, apaixonado por literatura e observador míope do espaço sideral.