Como melhorar seus prazos?

Quem já trabalha com audiovisual sabe que uma coisa que pode ocorrer é o atraso na hora de entregar o seu serviço. E quem já trabalha com audiovisual também sabe que esse é um dos motivos que mais afeta a qualidade daquilo que você está fazendo, além de ser algo que pode afetar e muito seu network. A questão é o que fazer pra melhorar isso?

O atraso, na lógica daquilo que você faz, é um desajuste no tempo de um processo. Chato falar assim, né? Então: tem coisa acontecendo no momento errado, e isso gera o atraso. Algo está fora do seu lugar.

Quando a gente pensa que todo o trabalho dentro do audiovisual pode ser dividido em processos, a coisa fica mais fácil: primeiro você conversa com o cliente; depois ajusta os detalhes da captação; capta; edita; renderiza e entrega. Com poucas alterações, normalmente os processos acontecem mais ou menos dessa forma.

O que acontece é que no meio desses passos todos, muita gente se perde, e é aí que a coisa complica e atrasa: não porque ela é difícil, mas porque a forma que você faz algo altera e muito o tempo e a eficiência com que é feito.

Uma coisa boa é que não existe fórmula mágica para como você faz cada coisa; e cada pessoa encontra seu caminho — e o audiovisual é muito flexível nesse sentido por permitir que você estabeleça aquilo que é melhor para você. O ponto negativo disso é que você só vai encontrar esse caminho conforme for errando e descobrindo aquilo que funciona ou não.

O importante nisso de melhorar os processos é separar tudo aquilo que você faz, do orçamento até a entrega, entender cada passo, ficar atento àquilo que pode ser melhorado e gerenciar quando e de que forma cada coisa vai ocorrer.

Então, pense bem: será que naquele momento que o vídeo tá renderizando não era a hora de você aproveitar que o PC fica um pouco mais lento e ler seus e-mails com orçamento — o que consome um pouco menos do seu equipamento? Será que não seria melhor que você não usasse o Facebook enquanto faz ajuste de cores na imagem que está tratando para não se distrair e se atrasar? Essas são todas perguntas que podem ser feitas e adaptadas para que seu processo de produção seja cada vez melhor, mais eficiente e, é claro, acabe trazendo maior lucro para o seu trabalho.

Deixe seu comentário
Share
João Leite

Escritor e redator, formado em Rádio e Televisão pelo Complexo FIAM-FAAM, apaixonado por literatura e observador míope do espaço sideral.