SEO

Entendendo as características das redes sociais

Neste artigo veremos as características das mais utilizadas redes sociais e suas respectivas forças e fraquezas no que diz respeito a quatro aspectos: comunicação com o cliente, divulgação da marca, tráfego para o site e SEO.

Para a avaliação de cada uma dessas finalidades, utilizaremos os termos “BOM” quando a plataforma atender de maneira satisfatória, “OK” quando atender de maneira regular e “RUIM” quando a plataforma não for eficaz para tal(is).

Vamos para a análise?

TWITTER

O Twitter, um microblog criado para mensagens rápidas, foi fundado em 2006 com a intenção de reproduzir um serviço de SMS na internet. Desde sua criação, a plataforma permite o uso de apenas 140 caracteres nas publicações.

COMUNICAÇÃO COM O CLIENTE – BOM

Através de monitoradores de keywords como Hootsuite e TwitterCounter, é possível acompanhar em tempo real o que andam falando da sua empresa/produto dentro da plataforma e assim, caso necessário, interagir com o seu público. Isso pode servir também para acompanhar a concorrência.

DIVULGAÇÃO DA MARCA – BOM

Oferece uma grande oportunidade de viralização de conteúdo, além da interação com clientes de maneira simples e rápida.

TRÁFEGO PARA O SITE – OK

O Twitter pode ser um grande aliado para a promoção do seu site, no entanto, é preciso de cautela. As pessoas estão utilizando a plataforma em busca de informações rápidas e relevantes. Promover demasiadamente uma marca ou produto pode levar o público a cansar do seu conteúdo e deixar de segui-lo na rede.

SEO – OK

Bons tweets serão bem rankeados, o que é bom para a classificação do seu perfil, no entanto o seu potencial é limitado, já que URLs encurtadas geram poucos benefícios quando tratamos de SEO.

FACEBOOK

Criado por Mark Zuckerberg, o Facebook é hoje a principal rede social do planeta, atingindo 1 bilhão de usuários todos os dias segundo pesquisas.

COMUNICAÇÃO COM O CLIENTE – BOM

A plataforma é ideal para comunicar ideias, produtos e pensamentos, afinal, é para isso que as pessoas estão lá. A fanpage (ou página de fãs) pode ser considerada um dos principais canais de relacionamento entre cliente e empresa.

DIVULGAÇÃO DA MARCA – BOM

Além de possibilitar que ilimitadas pessoas possam acompanhar sua marca no Facebook, também é possível criar anúncios dentro da rede e fortalecer ainda mais sua presença.

TRÁFEGO PARA O SITE – OK

O tráfego pode ser descente, graças aos botões de compartilhamento e a fácil viralização de conteúdo, mas não espere grandes números. Redes de display e buscadores ainda geram resultados muito mais satisfatórios.

SEO – RUIM

Apesar do sistema coletar informações dos seus links, pouco valor irão gerar.

YOUTUBE

O Youtube é a maior plataforma de distribuição digital de vídeos do mundo, com mais de 1 bilhão de horas de vídeo assistidas diariamente.

COMUNICAÇÃO COM O CLIENTE – BOM

Sabendo que o vídeo é uma das ferramentas de entretenimento mais poderosa da era digital, essa modalidade de comunicação pode gerar respostas rápidas e alto índice de interação por parte do público.

DIVULGAÇÃO DA MARCA – BOM

Ideal para apresentação de conteúdos (como tutoriais e dicas) e produtos, os vídeos são grandes aliados quando o assunto é divulgar a marca. Na plataforma, é possível também veicular anúncios que são exibidos antes do início de cada vídeo.

TRÁFEGO PARA O SITE – OK

Quando alguém procura por um vídeo no Youtube, normalmente é porque está buscando algum tipo de informação ou entretenimento. Existe a possibilidade de criar áreas cliváveis sobre a reprodução e até mesmo adicionar links à descrição do vídeo, mas o volume de acessos dificilmente será grande.

SEO – BOM

Vídeos bem rankeados ganham destaque na plataforma e podem aparecer nas primeiras páginas dos buscadores.

LINKEDIN

Fundado em 2005, o LinkedIn é uma rede social para negócios e profissionais. Serve como uma vitrine tanto para empresas quanto para aquele que deseja expor suas capacidades e aptidões.

COMUNICAÇÃO COM O CLIENTE – OK

Apesar de não ser o foco principal, a plataforma também oferece possibilidades de engajamento com o cliente a partir do momento que o perfil da empresa poderá responder a perguntas relacionadas com a indústria, estabelecendo-se como especialista na área.

DIVULGAÇÃO DA MARCA – BOM

Uma boa oportunidade de comunicar a marca de maneira institucional, de apresentá-la como uma organização.
Motivar os funcionários a manter perfis completos para fortalecer a reputação da sua equipe é sempre bem-vindo.

TRÁFEGO PARA O SITE – RUIM

É bastante improvável um tráfego significativo para seu site, embora nunca se saiba quem está por trás de um computador. Potenciais parcerias ou compradores podem acessando a sua página.

SEO – OK

É praticamente garantia de primeira página nos buscadores, especialmente para o nome da empresa ou do colaborador que faça parte da mesma, mas não passa disso.

Espero que tenha ficado claro as principais atribuições e finalidades de cada plataforma. Faça bom proveito das dicas e potencialize a presença da sua empresa nas redes sociais.

Até a próxima! 😉

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PROFISSIONAIS DE AUDIOVISUAL