Microfone Dinâmico: Como funciona e quando usar?

Você já deve ter ouvido ou lido muitas vezes sobre microfone dinâmico, mas afinal o que é esse microfone e como ele funciona?

O microfone é um transdutor, ou seja, um mecanismo capaz de converter um tipo de energia em outra. Ele capta a energia acústica, em outras palavras a vibração, e a traduz em energia elétrica. Essa conversão pode mudar um pouco de acordo com o tipo de microfone e por isso iremos dividi-los de acordo com suas categorias.

Nesse microfone a pressão sonora que chega ao diafragma fará com que a bobina se movimente em direção ao ímã. A bobina móvel desestabiliza o campo eletromagnético e gera uma diferença de tensão através dessa indução, o que por consequência, gera uma corrente elétrica que será transmitida através do cabo. A bobina, por ser de metal, é relativamente pesada, então para que ela se movimente é necessário uma pressão sonora razoável. Este fator está ligado à sensibilidade do microfone. A resposta em frequência desses microfones, por esse motivo, não é tão extensa.

O fato do microfone dinâmico ser menos sensível pode ser algo muito bom para ter mais controle do som. Se você reparar em shows ao vivo, a grande maioria dos microfones são dinâmicos e isso ajuda, por exemplo, no controle de vazamento de outros instrumentos e possíveis microfonias.

Repórteres de rua também costumam usar esse microfone para evitar que capte ruídos indesejáveis, como por exemplo, sons de veículos, alarmes, etc. Uma característica desse microfone, é que por ter pouca sensibilidade e precisar receber uma quantia razoável de pressão sonora para responder bem, ele precisa estar perto da fonte sonora.

Existem diversos modelos de microfones dinâmicos, alguns são mais adequados para instrumentos graves, como bumbo de bateria, outros são clássicos para instrumentos de sopro e alguns clássicos para voz, como o Shure Sm7B, muito comum em programas de rádio e podcast e que inclusive Michael Jackson utilizou na gravação do álbum Thriller.

Deixe seu comentário

Professor de áudio no AvMakers, Airton iniciou os estudos de música aos 6 anos de idade. É formado pelo “Conservatório Musical Souza Lima” no Curso Dinâmico de Áudio e Bacharelado em Audiovisual pelo Senac. Como violonista já se apresentou em programas como o “Encontro com Fátima Bernardes” e do TEDx, além de canais do youtube de grande reconhecimento. Como produtor musical, operador de som e mixagem, atuou com diversos nomes muito importantes do cenário nacional.