Como atrair mais clientes como freelancer

Talvez uma das tarefas mais difíceis na vida de um profissional freelancer ou para uma empresa que está começando, é a de prospectar clientes. Num momento de alta competitividade e do crescente aumento de profisisonais liberais, essa disputa tem contado com cada vez mais participantes. Por isso, estar preparado é fundamental para se destacar no seu mercado. Veremos neste artigo, algumas dicas que te colocarão a frente dos seus concorrentes.

Prepare seu jardim

Você já ouviu falar sobre a lógica do jardim? Preparar um ambiente atrativo, pode aumentar o interesse e o número de clientes. Assim como um jardim florido atrairá borboletas e abelhas, seu ambiente de contato com o cliente deverá atrair a atenção dele. Mas, como? Entendendo as dores dele e mostrando soluções em forma de conteúdos, sendo eles em textos, imagens ou vídeos. Dar informações para seu cliente, gera nele confiança, e pra você, autoridade. O cliente certamente vai querer fechar um trabalho com alguém que realmente saiba o que está fazendo e que de fato entregue algo de valor.

Mas como devo preparar meu jardim?

Hoje em dia, apresentar trabalhos bem executados é o mínimo que você pode fazer, seja no seu portfólio, no seu site ou nas suas redes sociais. Então além disso, divulgue também os depoimentos que seus clientes te enviam a respeito de um projeto que você entregou. Aliás, essa é uma dica muito importante. Tente sempre tirar algumas linhas de texto do seu cliente sobre o que ele achou do seu trabalho/atendimento. Isso novamente gera confiança naquele que pousar no seu jardim.

Aposte em conteúdos como dicas e informações relevantes do mercado. Traga novidades e assuntos que gerem engajamento. Dessa maneira seu jardim certamente contará com cada vez mais visitantes.

Seus clientes não estão chegando até o seu jardim?

Vá buscá-los!

Mesmo que você prepare seu ambiente, os clientes podem não chegar ou chegar com uma frequência menor do que você imaginava que aconteceria. Não se preocupe! Existem algumas estratégias que podem mudar esse cenário.

  1. Aumente o alcance do seu conteúdo online através do marketing digital, focando em tráfego pago (Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads) e/ou tráfego orgânico (blog, conteúdos de valor, palavras-chave). No primeiro, o resultado costuma ser mais rápido, uma vez que seu anúncio começa a ser exibido pouco tempo após o pagamento.

  2. Vá atrás do seu cliente nas redes sociais, principalmente no Instagram. Entre em contato com o máximo de perfis que conseguir. Faça uma análise e mostre como você poderia ajudá-lo. Isso não se restringe ao mundo online e pode ser feito de porta em porta. Visite empresas e mostre seu trabalho.

A ideia aqui é você atrair seus primeiros clientes e a partir deles, ser divulgado para outros. Esse é o momento que seu jardim começa a ser polinizado. É uma cadeia que demora um pouco para se sustentar, mas em algum momento isso acontece. Por isso, mantenha a divulgação do seu trabalho, independente da sua estratégia.

Mostre a sua cara!

Seu cliente quer te conhecer.

Além de falar sobre e mostrar seu trabalho, divulgue-se, mostre sua cara. Tornar essa relação mais pessoal e humana com o seu possível cliente pode ser um diferencial e tanto. Separe um tempo para falar de você, da sua carreira, dos seus hobbies e dos seus ideais sobre sua área de atuação. Esse conteúdo pode e deve criar empatia naqueles que te acompanham.

Aqui no blog já falamos também sobre como se destacar no seu mercado. Essa pode ser uma leitura complementar e bastante interessante.

Freelaê

Hey, você já conhece o Freelaê? O Freelaê é um treinamento completo de marketing digital e vendas para freelancers. Ele te ensina a lotar sua agenda de clientes, cobrar um preço justo e diferenciar-se dos seus colegas de profissão. Te ensina a construir o seu próprio negócio como um programador empreendedor. Em breve teremos novas turmas!

Gostou das dicas? Deixe um comentário abaixo 🙂 Até a próxima!

Deixe seu comentário
Felipe Moura

Designer gráfico há 6 anos, especializado em branding. Formado em Publicidade, Propaganda e Criação pela Universidade Mackenzie de São Paulo.