Propriedades Físicas do Som: Altura

O som possui 4 propriedades físicas. Você conhece todos esses elementos? Vamos entender a segunda das quatro propriedades, que é a altura.

A altura, diferente do que muitos pensam, não tem a ver com o volume ser baixo ou alto, isso como vimos, chama-se intensidade. A altura ou afinação está diretamente ligada ao número de vibrações ou movimentos que uma onda sonora faz em uma escala de tempo, geralmente medida em segundos. Este ciclo completo de vibrações por segundos chamaremos de frequência e iremos medir em “Hertz”, cuja abreviação ou símbolo é “Hz”. O ouvido humano é capaz de ouvir de 20 Hz, frequência mais grave, até 20.000 ou 20K (Prefixo K= 1000 vezes), que é a frequência mais aguda.

A afinação padrão de um violão é em “Lá=440 Hz”. Isso significa que essa nota vibra 440 vezes em 1 segundo, claro que a olho nú você não vai conseguir ver, mas com uma câmera lenta é possível acompanhar sua movimentação.

Essa mesma nota pode se manifestar com outras numerações. E o que isso significa? Isso significa que estamos tocando em alturas diferentes, ou se você preferir, podemos chamar de oitavas.

Já ouviu alguém falar sobre o som estar muito grave, médio ou agudo? Pois é!
Cada corpo sonoro costuma ter uma região específica de atuação. Quando eu falo em região, estou me referindo a uma gama de frequências. Entendendo como cada corpo sonoro se manifesta, teremos mais capacidade para fazer ajustes no som, veja alguns exemplos:

Deixe seu comentário

Professor de áudio no AvMakers, Airton iniciou os estudos de música aos 6 anos de idade. É formado pelo “Conservatório Musical Souza Lima” no Curso Dinâmico de Áudio e Bacharelado em Audiovisual pelo Senac. Como violonista já se apresentou em programas como o “Encontro com Fátima Bernardes” e do TEDx, além de canais do youtube de grande reconhecimento. Como produtor musical, operador de som e mixagem, atuou com diversos nomes muito importantes do cenário nacional.