Google

Hashtags nas mídias sociais: como e onde utilizar

Há algum tempo a hashtag ou o “jogo da velha” (como era conhecido quando nos referíamos ao botão cerquilha do celular) tem ganhado cada vez mais notoriedade dentro das redes sociais e por consequência, nas estratégias de marketing digital das empresas. Sim, elas também podem se tornar bastante irritantes quando usadas sem moderação (o vídeo abaixo ilustra bem esse sentimento).

Utilizadas pela primeira vez no Twitter, as hashtags se proliferaram de maneira verdadeiramente incrível e hoje são encontrados na maioria das grandes plataformas sociais como Google +, Facebook e Instagram (o LinkedIn as utilizou por um tempo, mas abriu mão da estratégia em 2013). Se para os veteranos do marketing o uso das hashtags pode parecer bobagem, para os novos (e potenciais) usuários, isso já é algo natural.

Para compreender melhor o que são, para o que servem e como utiliza-las da melhor maneira, confira este artigo até o final 😉

Afinal, os que são as hashtags?

A hashtag é uma palavra-chave antecedida do caracter “#” (cerquilha) que tem como finalidade identificar o tema/ideia de um conteúdo (foto ou texto) que está sendo compartilhado numa determinada rede social. Toda e qualquer hashtag se transforma num hyperlink que irá redirecionar o clique para conteúdos de terceiros que também se utilizaram da mesma. A partir disso, é possível encontrar pessoas que estão falando do mesmo assunto do seu interesse.

Hashtag no Twitter

Nada mais justo do que começarmos a analisar a eficácia do uso das hashtags pela rede social que a implementou como uma ferramenta: o Twitter. E a primeira informação vai te deixar mais propenso ao uso delas (se ainda não as utiliza): os tweets (posts) com hashtags têm duas vezes mais engajamento do que aqueles que não possuem (segundo dados da Buddy Media). Agora, imagine esse engajamento se multiplicando e passando de quatro para 10 retweets, e então para 20. Tudo isso é possível através de um simples “#”.

Pesquisas da Buddy Media também apontam um dado importante: quando você utiliza mais de 2 hashtags em seu tweet, o engajamento pode cair em até 17%.

Uma pesquisa do próprio Twitter reafirma a vantagem significativa no uso das hashtags. Usuários comuns podem ter um aumento de até 100% no engajamento dos seus tweets, enquanto marcas têm um aumento de até 50%.

Hashtag no Instagram

O instagram foi uma das redes sociais que melhor soube utilizar as hashtags. Nele, uma das principais diferenças se comparada com os tweets (posts do Twitter), é que a interação com a publicação está relativamente ligada ao número de hashtags. Quanto mais, maior o engajamento. Um dado surpreendente é que as interações são maiores nas imagens com 11 ou mais palavras-chave. Incrível, não?

É bem evidente o poder das hashtags no Instagram principalmente quando se cria um novo perfil na rede. O @TreinaWeb alcançou centenas de seguidores em poucas semanas de existência a partir de tags relacionadas aos nossos serviços/cursos.

Uma regra de ouro para o Instagram poderia ser algo como: não poupe esforços quando o assunto é utilizar hashtags. É importante ressaltar que o uso de palavras que não se relacionam com o seu negócio podem lhe trazer seguidores, mas não lhe trarão prospectos. Utilize hashtags realmente relevantes e que façam sentido para o seu serviço ou produto.

Shadowban no Instagram

Apersar de não estar totalmente relacionada com o uso de hashtags vale falarmos rapidamente do shadowban do Instagram neste artigo.

Shadowban, é um termo inglês utilizado para o ato de bloquear e/ou limitar o alcance do conteúdo de alguns perfis. Essa punição acontece a partir de determinadas práticas na rede. São elas:

  • Uso de robôs para aumentar seguidores;
  • Uso de hashtags banidas pelo Instagram (relacionadas entre outros temas a nudismo, spam, preconceito);
  • Seguir e curtir indiscriminadamente o maior número de perfis num mesmo dia;
  • Exibição de conteúdos polêmicos que façam seu perfil ser denunciado pelos usuários;
  • Utilização de mais de 30 (limite permitido pelo Instagram) hashtags numa única postagem.

Hashtag no Facebook

Vimos que Twitter e Instagram são plataformas de claro sucesso quando falamos de hashtags, mas e o Facebook?

Implementadas em 2013 pela rede de Zuckerberg, as hashtags não apresentaram nenhuma melhoria expressiva na performance das publicações nos primeiros meses, inclusive eram muitas vezes piores do que o resultado daquelas que não possuíam hashtags.

Estudos mais recentes da Social Bakers apontam que na verdade a preocupação não se dá pelo fato de usar ou não, mas sim a sua quantidade. Assim como acontece no Twitter, é preciso de moderação, pois quanto mais hashtags, menor será o engajamento de acordo com as análises.

É preciso lembrar neste ponto do artigo de que você não precisa seguir à risca todas essas recomendações. É bastante válido fazer testes e tirar suas próprias conclusões a partir dos seus resultados.

Hashtag no Google+

No Google+ as hashtags são criadas automaticamente a partir do conteúdo do seu post, podendo ser editadas posteriormente. Uma característica única da plataforma é a possibilidade de utilizar hashtags nos comentários (além é claro da publicação), o que representa o dobro da chance do conteúdo ser encontrado por alguém.

Ferramentas para administrar e encontrar as melhores hashtags

  1. Hashtagify.me
  2. RiteTag
  3. Tagboard
  4. Trendsmap

10 anos de hashtags

Este é um tópico bônus em comemoração aos 10 anos de existência (completados em agosto/2017) da hashtag. Confira abaixo as mais utilizadas até hoje no Twitter:

  • Euro2016 (hashtag de evento esportivo mais usada de todos os tempos);

  • TheWalkingDead (hashtag de série de TV mais utilizada da história);

  • StarWars (hashtag de filme mais usada da história);

  • MTVHottest (votação da MTV que elege a estrela que se destacou no ano);

  • KCA (Kids’ Choice Awards);

  • iHeartAwards (iHeartRadio Music Awards);

  • FollowFriday (utilizada para indicar um perfil para ser seguido no Twitter);

  • NowPlaying (refere-se a músicas que estão tocando no momento);

  • ThrowbackThursday ou #tbt (utilizada para fazer referência a algo antigo, geralmente fotos, com publicação às quintas-feiras);

  • ootd (usada em fotos que mostrem o “look do dia”).

Espero que tenha gostado do artigo e que possa utiliza-lo a seu favor. Um grande abraço e até a próxima. 😉

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PROFISSIONAIS DE AUDIOVISUAL