Como elaborar um projeto de apresentação

Elaborar o seu projeto de apresentação pode ser um passo decisivo para a realização do seu filme. Mas antes, alguns passos são necessários.

Depois da análise técnica do roteiro, que já falamos aqui e aqui, você vai precisar preparar a apresentação do seu projeto — principalmente se você quer concorrer em editais, sejam eles públicos ou privados. E esse é o assunto de hoje: como preparar a sua apresentação de projeto.

O poder de uma boa apresentação

Concorrer em editais, sejam eles quais forem, é um processo que pode parecer complicado, mas que, se bem feito, dá resultados realmente muito bons. Principalmente porque esse tipo de mercado exige que você conheça bem o seu próprio projeto, e faz com que você entenda o seu próprio processo de produção de outra maneira.

E para conseguir ser aprovado dentro de um edital é essencial que sua apresentação seja muito boa.

É importante que você tenha em mente que, para uma boa apresentação do seu projeto, algumas perguntas terão de ser respondidas dentro de formulários.

Cinema - Roteiro de ficção para curta-metragem
Curso de Cinema - Roteiro de ficção para curta-metragem
CONHEÇA O CURSO

Essas perguntas são:

  • O que? (Apresentação)
  • Onde? (Locação)
  • Como? (Descrição das etapas e Cronograma)
  • Por quê? (Justificativa)
  • Quando? (Descrição das etapas e Cronograma)
  • Pra quem? (Público-alvo)
  • Com quem? (Ficha técnica)
  • Quanto? (Orçamento)

Cada uma dessas perguntas corresponde a um pedaço do seu processo de criação e viabilização do seu projeto, e para poder tê-las e poder disponibilizá-las da melhor maneira possível, é importante uma boa análise técnica do seu roteiro.

No post de hoje, vamos falar sobre a apresentação, mas podemos falar sobre as outras partes depois.

O que é importante saber?

Existem mais pontos que precisarão ser elaborados durante a sua apresentação, mas uma dica importante para quando for elaborar os textos que farão parte dessa apresentação é:

seja breve, objetivo e claro em todos os seus textos.

Lembre-se que, como qualquer texto, ele vai ser lido por mais de uma pessoa e que terá de ler mais de um texto para cada projeto. Portanto, precisão e objetividade são itens que valorizam o seu projeto como um todo.

O texto da apresentação

O texto de apresentação do seu projeto, principalmente dentro do edital, será o primeiro contato do avaliador com aquilo que você espera poder gravar.

Como não existe uma fórmula perfeita para textos de apresentação, o mais válido, nesse sentido, é que o seu texto seja claro e objetivo, mas que também permita que esse avaliador entenda com facilidade a sua visão a partir do que você está propondo.

Além disso, um dos seus objetivos na apresentação é que o avaliador possa ter interesse no seu projeto, seja achando ele divertido, audacioso ou quaisquer outros adjetivos positivos que façam com que o seu projeto crie destaque.

E esse destaque só vem se o seu texto de apresentação demonstra que você sabe o que quer fazer com o seu filme!

A apresentação é 90% do seu projeto.

Apresentação curta e apresentação longa

Uma forma interessante de pensar no texto de apresentação do seu projeto é elaborar dois deles, um mais curto (3 a 5 linhas) e um pouco mais longo (de 5 a 9 linhas), ambos funcionando com um pitching do seu projeto.

O pitching é a “defesa” do seu projeto. Ou seja, a maneira que você o “venderá” diante de uma comissão avaliadora, e isso requer que ele seja claro, objetivo e breve, além de traduzir aquilo que você quer passar com o seu filme.

Exemplo de apresentação curta:

“O presente projeto visa criar um curta-metragem de ficção de 10 minutos que será captado, montado e finalizado na cidade de São Paulo-SP.

‘Colorido’ conta a história de um adolescente paulistano que se vê apaixonado pelo melhor amigo, fato que o deixará em dúvida sobre quem ele é e como a relação com o amigo muda a partir desse fato.”

Pensar nessa estratégia, curta e precisa de “venda”, é uma das maneiras mais interessantes, aliás, de conhecer o seu próprio projeto: como você vai precisar destacar o melhor, explicar em poucas palavras e se fazer entender nesse curto espaço, você vai começar a estudar o seu projeto minuciosamente, a fim de extrair o melhor que há nele, o que vai te fazer entender cada vez mais sobre o projeto.

O que pesquisar para elaborar a sua apresentação?

Uma das maneiras de aprender como você pode fazer a sua apresentação é consultar apresentações de projetos já aprovados em editais realizados, por exemplo, através da lei Rouanet. Essa é uma maneira de construir referências de como fazer.

Esse tipo de consulta permite que você consiga ir mais a fundo e pesquisar melhor o que pode ou não ser feito dentro do texto da sua apresentação.

Uma coisa importante:

Use essa consulta como referência para sua escrita. Copiar e colar não é uma prática ética dentro do universo audiovisual.

Tema da sua apresentação e a sua história

Dentro da apresentação é importante que você evidencie quando é o seu tema e como ele se relaciona à sua história.

Muita gente erra ao trazer para o edital somente o tema e a sua relevância social ou econômica, mas esquece de relacionar esse tema com o desenvolvimento e aplicação da história. Entender que a sua história é reflexo disso é muito importante para também tornar o seu projeto atrativo para a aprovação do edital.

Tomando o exemplo de apresentação que a gente deu mais acima, o tema é a descoberta LGBT+ e suas consequências, e a sua história é justamente como essa descoberta afeta a amizade das duas personagens principais.

Dentro da lógica de trabalho voltada para os editais, a apresentação é aquilo que faz com que seu filme seja visto antes de ser gravado: uma boa apresentação mostra o seu conhecimento a respeito do seu próprio projeto e de como você o vizualiza, bem como faz com que as outras pessoas possam vê-lo também.

Deixe seu comentário
Share

Escritor e redator, formado em Rádio e Televisão pelo Complexo FIAM-FAAM, apaixonado por literatura e observador míope do espaço sideral.