5 dicas para o seu próximo vídeo comercial

Se preparar para qualquer tipo de gravação é o que faz de um(a) diretor(a) alguém focado no trabalho e cuja entrega sempre surpreende. É por isso que a gente vai te dar dicas sobre conteúdo voltado para o mercado de comerciais.

Saiba o que o seu cliente espera de você

Alinhamento de espectativas por meio de briefing ainda é uma das melhores maneiras de que tudo ocorra da melhor maneira possível: você sabe aquilo que precisa entregar e seu cliente fica satisfeito com o material que você entrega. Simples.

Então,

Conheça as necessidades do seu cliente.

Tenha em mente que por ser um conteúdo comercial, seu objetivo final é aumentar o fluxo de negócios para o seu cliente. Isso é, tudo o que você está preparando tem um propósito muito claro, e ele precisa estar sempre presente nas suas elaborações para aquele projeto: ele vai a público para angariar novos negócios ou para criar uma nova imagem que o seu cliente quer colocar a partir do que você está desenvolvendo.

Automaticamente, é importante que você entenda como seu cliente ganha dinheiro. Saber como as negociações são feitas é o caminho certeiro para que sua produçao encontre um alinhamento mais preciso para o propósito do seu conteúdo com as vendas ou divulgação de produtos do seu cliente.

E claro que isso também envolve um conhecimento de toda a campanha que está sendo feita: conhecer seu público, como diretor é crucial para uma campanha de sucesso.

Então, se possível, leia o máximo que você puder sobre a empresa, seus negócios, seu posicionamento no mercado e o público com quem ela conversa. É um dos melhores jeitos de saber onde você está pisando.

Cheque perfis de rede social

E isso inclui Instagram, Facebook, YouTube e quaisquer outras plataformas que alguma forma de conteúdo já tenha sido criado para a empresa.

Esse tipo de prática te dá uma visão geral do que já foi feito e explorado em outras campanhas da empresa, evidenciando resultados. Fazer essa leitura também te ajuda a entender onde o seu cliente quer chegar com a campanha que vocês estão desenvolvendo.

Isso além do mais óbvio, é claro: ao verificar as redes sociais do seu cliente, você evita de fazer algo que já foi feito anteriormente e que inviabilizaria os trabalhos.

Faça uma playlist de músicas para o comercial

Música e comerciais são coisas que andam muito juntas. Grandes peças comerciais são muito lembradas pelas músicas ou trilhas que tiveram de mais marcantes. Elas ficam no imaginário do seu público e tem poder de fazer com que a mensagem seja muito mais marcante.

Por exemplo, faça uma playlist que reproduza o mood que o seu cliente colocou como alvo da campanha. E depois escute-a imaginando e fazendo os links com as imagens que vão ser gravadas: assim você consegue relacionar cada momento da trilha à cada emoção, bem como a cada destaque do que está sendo gravado.

Tenha referências sólidas na área em que está trabalhando

A gente sempre destaca o papel positivo da referência aqui no blog. Consumir material do tipo que você vai produzir é muito válido para que você tenha ideias de linguagem e abordagem. Eles te ajudam a ilustrar o que você pode retratar em termos estéticos e até onde esses itens foram elaborados.

Além disso, mostrar referências para os seus clientes é uma forma de aproximar os interesses entre você e o seu cliente.

Você só tem a ganhar ao usar conteúdo que já foi feito e se apoiando nas descobertas de outros produtores de conteúdo.

Adobe Photoshop CC 2015 - Básico
Curso de Adobe Photoshop CC 2015 - Básico
CONHEÇA O CURSO

Fotografia: uma inspiração que ajuda muito

Por mais que a ideia do comercial seja preparar uma peça que normalmente envolva o vídeo, é interessante que você obtenha referências também na fotografia.

Por quê?

Normalmente, o vídeo trabalha com 24, 30, 60, 120 fps como taxa de quadros. Pense um pouquinho: enquanto o vídeo trabalha com muitos quadros por segundo, a fotografia só trabalha com um por vez, e muitas vezes ambas contam histórias muito próximas. A diferença é justamente que você tem muitos quadros para contar, enquanto o fotógrafo só vai ter uma.

O que eu quero dizer com tudo isso?

Prestar atenção na maneira que fotografias, enquadramentos, assuntos, iluminação e outros fatores que compõe a foto em si contam uma história é um aprendizado valioso na hora de compor os seus quadros e, portanto, a sua história.

Em resumo, a produção de comerciais não tem um manual de como ser feito, mas há sempre dicas valiosas do que pode ser feito a partir do alinhamento de espectativas do seu cliente com você e da construção de referências sólidas na construção do seu material.

Deixe seu comentário
Share
João Leite

Escritor e redator, formado em Rádio e Televisão pelo Complexo FIAM-FAAM, apaixonado por literatura e observador míope do espaço sideral.